sexta-feira, 16 de novembro de 2007

Diário: Deficientes?

Esta foi uma boa semana, voltei a "falar" com pessoas portadoras de EM e é sempre um grande prazer, ver palavras que são ditas com tanta naturalidade e paixão de vida. Li num blog de uma pessoa amiga, que não nos deviamos ver como deficientes...e pensei nessa frase, pois as pessoas apontam o dedo e olham como se fossemos atrações de circo, eu ainda não tenho deficiencia nenhuma visivel, mas noto que existem pessoas que olham e pensam "coitado e tal", nada disso não sou nenhum coitado, sou um lutador e em quanto tiver forças assim o serei. Para a semana vou conheçer pessoalmente algumas pessoas com EM, algumas delas deram-me muita força e ajudaram à distancia com as tais palavras que à pouco referi...vou poder agradeçer pessoalmente :).

Para mim deficiente é aquele que estaciona o carro a bloquear os passeios, aquele que faz uma casa de banho para deficientes e o acesso é por escadas, aquele que troca os medicamentos nos hospitais para poupar umas massas para o carro do Sr. Ministro, aquele que olha para uma pessoa de cadeira de rodas como se fosse a Angelina Jolie semi-nua, aquele que olha para ti com olhar de superiedade, aquele que...esqueçe...e para ti o que é um deficiente?

Obrigado Rute, Lidia, Ruca, Guida, Carlos, e ati que estás a ler o que escrevo.

3 comentários:

Bina Ladina disse...

Concordo 100% contigo!
Acredito que a estupidez humana isso sim é um problema.
Agora nós (também tenho esta tattoo como eu lhe chamo) somos pessoas, não somos trapos nem nada que se pareça por isso.. tenham lá paciência que nós não somos de ferro, e mesmo o ferro enferruja!

Eu mesmo disse...

Obrigado pelo teu comentário, a minha reacção foi porque ontem o Sr. Primeiro Ministro teve na empresa onde trabalho e toda a gente vestiu a melhor roupa para o receber, e chegou em carros de luxo com toda a sua comitiva, tanto aparato para receber apenas um homem, se ele tivesse descoberto algo que salva-se a humanidade de uma doença qualquer podia nem ter sido da EM ou tivesse salvo pessoas como Shindler o fez aí compreendia todo esse aparato e dinheiro gasto em carros, recepção e afins, mas assim??? Custa-me um bocado a engolir, ele que venda aquele mercedes de 20.000 Contos, compre um carro de 5.000 contos e gaste 15.000 Contos em vacinas de Avonex, que dava para 300 vacinas...ou seja 25 doentes durante um ano viviam com a possibilidade de a doença não avançar, 25 familias mais felizes...mas assim não, temos um senhor que pouco vai fazer, bem montado num bruta mercedes, realmente é compreensivel, onde anda a minha cabeça! Para terminar, metade dos senhores e senhoras bem vestidos para receber o Sr. nem devem ter votado nele :), meu deus onde isso vai parar?

Vidas Incertas disse...

Cm ja disse gosto do teu blog... Falas de coisas interessantes e este assunto e mais um deles.
Td o k referiste e a pura verdade, é mt triste, m é a verdade. Eu ja sofri e sofro na pele mts vezes isso pois andei de cadeira de rodas e inda tnh de andar em algumas situaçoes. N me considero deficiente, longe disso, m por vezes sinto-m cm k uma pessoa estranha ao ver as pessoas a olhar pra mim cm uma coitadinha. Coitadinha n sou, coitados sao certas pessoas k n sao capazes de ver as figuras k fazem e a desumanidade em k vivemos. E triste uma pessoa querer ir a casa de banho, as vezes n ha acessos, e kd ha, temos de esperar na mm pois a casa de banho pra cadeira de rodas esta ocupada por pessoas k simplesmt n tem paciencia pra ir as outras e nos ca esperamos e kd saiem la de dentro olham pra nos c akelas caras e nem desculpa pedem. M n é so isso, ja passei por mt, desde os parques de estacinamento ate a uma ida a Seg Social, k é num predio c escadas e em k a cadeira nem entra na porta... Enfim, nos n somos deficientes, somos pessoas c certas dificuldades e k aos pcs as vamos ultrepassando e é pena inda haver tanta gente neste pais k nd faz por akeles k tanto precisam. N falo assim pk me "caiu" na pele esta situaçao. Eu mm antes desta situaçao smp tive consideraçao por akeles k precisavam e agr k passo c isto pela pele vejo realmt k n ha humanidade nenhuma das pessoas. E triste m é verdade...
Temos de continuar a falar e nao nos calarmos, pk mts havemos de ser ouvidos, n so por nos m por tds aqueles k necessitam!!!!