quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Telegestão acompanha em tempo real tratamento de águas residuais

A funcionar desde a passada semana, o sistema de telegestão da SIMLIS, instalado na Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) das Olhalvas, monitoriza todas as infra-estruturas da empresa que trata as águas residuais produzidas nos concelhos da Batalha, Leiria, Marinha Grande, Ourém e Porto de Mós.

Além do sistema de gestão técnica que permite, em tempo real, acompanhar o funcionamento de todas as estruturas da SIMLIS, fazer a gestão da energia eléctrica, e controlar a qualidade do efluente em pontos estratégicos, o projecto integra várias câmaras de vigilância e uma uma rede de comunicação multi-serviços.

A par da instalação do centro de despacho das Olhalvas, foi remodelada a ETAR, projecto que incluiu a desodorização das zonas responsáveis pela emissão de odores e a construção de um edifício de apoio à exploração e a ampliação do parque de lamas. O investimento rondou um milhão de euros.

Aquando da visita às instalações, realizada esta tarde, a SIMLIS celebrou um protocolo de cooperação com a delegação distrital de Leiria da Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla, no âmbito do projecto de responsabilidade social Mil Gotas, Rios de Sorriso.

Este apoio traduz-se na oferta de uma cadeira de rodas eléctrica e no pagamento da renda da sede da delegação da associação durante um ano.
Fonte: regiaodeleiria.pt

1 comentário:

NeuroProjecto disse...

Olá! Somos um grupo de estudantes do 12ºano e estando a desenvolver um projecto sobre Neurologia e Doenças Neurológicas gostaríamos que visitasse o nosso fórum, dando o seu testemunho. Seria muito importante para o nosso trabalho:

neuroforum.7forum.info